Portugal por encontrar

Não será surpresa para alguns (em particular para aqueles que já leram as minhas histórias) se eu afirmar que conheço melhor outros países do que o distrito onde vivo. E isso é um sério obstáculo para quem quer escrever histórias que sejam próximas às pessoas de cá. Sim, posso pesquisar, posso ir à uma biblioteca e consultar livros; posso apenas imaginar, como fazem tantos outros autores, desculpando qualquer imprecisão com a dita liberdade criativa. Ou posso fazer o que fiz: acordar cedo e sair de casa com destino marcado no gps. Porque é assim que as histórias se começam a escrever.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s